HOME Multimídia

Multimídia

Fique por dentro...

Gabriel Thadeu Costa da Silva
Dedicação e foco: aprendiz do Cesam-MG é aprovado na UFMG

O aprendiz do Cesam-MG, Gabriel Thadeu Costa da Silva, foi aprovado para o curso de Letras, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Antes desta conquista, Gabriel teve que conciliar no ano passado o Programa de Aprendizagem, o ensino médio e o cursinho pré-vestibular.

Contente com o resultado, ele enviou à Unidade um depoimento em que relata todo seu esforço para alcançar a aprovação, agradece ao Cesam-MG pelo apoio e deixa uma mensagem de incentivo para os colegas aprendizes.

“Conciliar a aprendizagem no Cesam, estudo no terceiro ano do ensino médio e o cursinho online de pré-vestibular não foi nada fácil.

Quando iniciei minha aprendizagem no Cesam já tinha como objetivo a aprovação em uma faculdade. No meio dos adolescentes da minha turma, em que todos desejavam com o salário do Cesam, comprar um celular, um sapato de marca, ou inclusive tirar carteira de motorista, eu já utilizava parte do dinheiro para custear este meu cursinho.

Fui aprendiz do Cesam prestando serviço na empresa Vallourec e o apoio para os estudos que recebi nestes dois âmbitos foi de essencial importância para o mantimento do interesse nos estudos. Minha rotina era cansativa e conseguir suportar a demanda e a cobrança que tive em todos os papéis que me propus a participar foi tarefa árdua, mas devido ao espírito Salesiano e respeito de todos pude concluir.

Minha rotina se iniciava às 5h30 da manhã, acordava e me preparava para iniciar a função de aprendiz auxiliar administrativo às 07h45, neste tempo de trabalho sempre tentei me dedicar ao máximo, pois entendia que ao assinar o contrato, me comprometi a me doar para a empresa e a instituição salesiana. Diariamente, - exceto nas quartas-feiras, as quais eu estava no Cesam - às 11h45 era liberado para o almoço e, após almoçar, me dirigia à Escola Estadual Desembargador Rodrigues Campos, localizada também no Barreiro - localização da Vallourec. Às 13h entrava na escola para cursar o 3° ano do ensino médio e então sairia dali apenas as 17:30h. Ao sair da escola, pegava duas conduções e chegava em casa às 19:40h, tomava banho, jantava, e sentava em frente ao computador para enfrentar o plano de estudos, que por vezes ia pela madrugada a dentro, os dias em que pude dormir mais cedo era por volta de 00h30. Em alguns dias eu passava a madrugada acordado estudando e ia trabalhar 'virado', muitas vezes por trabalhos escolares que tinha de fazer e tudo isso acompanhado de bastante café para aguentar a rotina.

Ao final do contrato já havia prestado vestibular e havia formado o ensino médio, então pude viver intensamente os últimos dias do contrato.

A espera da nota foi tensa, virou o ano e enquanto não saía a nota não pude relaxar, pois queria saber se realmente iria conseguir. Então saiu e, depois, abriu as inscrições do Sisu. A semana em que coloquei minha nota foi muito complicada, não conseguia dormir antes das 2h, pois a chamada regular - com os aprovados - iria sair apenas na segunda-feira (29/01).

Na segunda-feira quando abri o site e vi que fui aprovado em Letras na UFMG, vi que todo o meu esforço valeu a pena, vi que por mais que a caminhada tenha sido complicada, o resultado foi gratificante.

Gostaria de agradecer a todos do Cesam que me incentivaram e me encorajaram a continuar buscando meu sonho.

Gostaria também de deixar uma mensagem aos adolescentes aprendizes: tenha um sonho, e corra atrás, nem todos nós somos destinados a fazer faculdade ou a tirar carteira, mas sonhe e busque realizar seu sonho, tente reclamar menos, porque você é jovem, e a vida está de portas abertas para você, e você tem que crer que é capaz de alcançar tudo que você deseja”.