HOME Multimídia

Multimídia

Fique por dentro...

Padre Orestes celebra seus 25 anos de Ordenação Presbiteral
Inspetor da ISJB, padre Orestes Fistarol celebra seus 25 anos de Ordenação Presbiteral

No dia 10 de dezembro, na Capela do Patronato, em Pará de Minas-MG, o inspetor da Inspetoria São João Bosco, Pe. Orestes Fistarol, presidiu a Eucaristia em Ação de Graças pelos seus 25 anos de Ordenação Presbiteral. Preparada pela Comunidade de Pará de Minas, a celebração foi recheada de mística e de gratidão pelo dom da vida e da vocação do Pe. Orestes.

Animada pelo Coral Lisboa, e concelebrada por vários Salesianos presbíteros, a Eucaristia contou, ainda, com a presença de membros de outros grupos da Família Salesiana e de familiares do Pe. Orestes, que vieram do Sul do Brasil para celebrar com ele.

No fim da celebração, o Vigário do Inspetor, Pe. Ricardo Sávio do Sacramento, em nome da ISJB, fez um agradecimento e, ainda, leu e entregou a Bênção Apostólica do Papa Francisco ao jubilando. Também o Pe. Sedney Manja, diretor da Presença Salesiana de Pará de Minas, em nome da Comunidade, fez o seu agradecimento ao padre inspetor, parabenizando-o pelo seu Jubileu de Prata Sacerdotal.

Após a celebração, o Coral Lisboa abrilhantou a festa, apresentando a Cantata de Natal. A festividade foi encerrada com um almoço de confraternização.

Entrevista

A equipe da Comissão Comunicação Social da ISJB, conversou com o inspetor sobre o seu jubileu sacerdotal. Leia a entrevista:

CCS: Como o senhor analisa esses 25 anos de sacerdócio?

Foram de empenho para fazer do ministério serviço. Olhando para a história só posso afirmar: tudo foi graça.

CCS: Os objetivos traçados na época de sua ordenação foram alcançados?

Evidentemente que não. A vida é uma contínua busca de crescimento e de amadurecimento.

CCS: Cite dois momentos marcantes dessa trajetória: um de conquista e outro de desafio.

Ter finalizado o inspetorado no Sul. Cumprir o mandato do serviço que estou realizando na Inspetoria São João Bosco.

CCS: O senhor completa 25 anos de ordenação no mesmo ano em que a ISJB chega aos 70. Anos atrás seu tio também foi inspetor. Fale um pouco de toda essa relação quem tem com a ISJB?

O tio, Pe. Virgínio Fistarol, visitava a casa de meus pais uma ou duas vezes por ano, porque os pais dele moravam com os meus pais em Ascurra, SC. Quando ele foi inspetor da ISJB (1955-1961) eu ainda não havia nascido. A Inspetoria vivia a fase da expansão, da consolidação em diversas presenças e do crescimento vocacional. Quando nos visitava em SC, sempre falava com amor da missão da Inspetoria São João Bosco e dos trabalhos que ele era chamado a realizar. Como criança, adolescente e depois jovem salesiano ouvia falar sobretudo da Obra salesiana no DF, no Estado do RJ e em MG. Almejava conhece-la um pouco mais. Nunca poderia pensar que um dia trabalharia neste território do Brasil salesiano. Leio tudo isto na ótica da fé.

CCS: Quais suas expectativas e desejos para os próximos 25 anos de sacerdócio?

Que o Bom Pastor me conceda sempre entusiasmo pelo carisma e pela missão salesiana e a graça de servi-lo, com amor e dedicação, nos lugares para onde Ele me conduzir.

CCS: Diante de suas experiências, o que tem a dizer para os jovens que estão em fase de discernimento vocacional e pensam em seguir a vida religiosa, especialmente a salesiana?

A vida religiosa e salesiana é maravilhosa e vale a pena; realiza as pessoas que se sentem chamadas. Se algum/a jovem se sentir chamado/a a pertencer a um dos 31 grupos da Família Salesiana, que não tenha medo de dizer ao Senhor: “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8).